Favoritos Página Principal E-mail

GRANDES ÍDOLOS DA HISTÓRIA DO FLAMENGO


ROMÁRIO
 
Nome: Romário de Souza Faria
 
Data de nascimento: 29/01/1966
Local de nascimento: Rio de Janeiro-RJ
Posição: Atacante
Período no Flamengo: 1995-1997, 1998-1999
Títulos: Campeonato Carioca (1996 e 1999) e Copa Mercosul (1999)
Estréia: 27/01/95 - Flamengo 1x0 Uruguai
Despedida: 10/11/99 - Juventude 3x1 Flamengo
Jogos pelo Flamengo: 240
Gols pelo Flamengo: 204

Descrição: Foi eleito o terceiro melhor jogador do mundo, em 1993, e o melhor do planeta em 1994, após fazer sucesso pela Seleção Brasileira, e levar o Brasil ao título da Copa do Mundo deste ano. No ano seguinte, em 1995, o artilheiro acertou sua ida para o Flamengo.
A vinda de Romário foi um dos acontecimentos da década de 90 no mundo do futebol. Não dá pra dizer que Romário não foi ídolo no Flamengo. Apesar das várias polêmicas, o atacante sempre correspondeu em campo. Muito habilidoso e veloz, se destacava pela excelente colocação na área e por suas conclusões mortais, capaz de decidir um jogo num só lance. Os números também fazem questão de estar ao lado do jogador: foram 240 jogos e 204 gols. A média absurda de 0,85 gols por jogo, só menor que de Leônidas e Pirilo.
Em 1996, Romário foi campeão carioca invicto e artilheiro. Neste mesmo ano, foi para o Valência. A volta à Espanha não deu muito certo, fazendo com que o Baixinho voltasse ao Fla no começo de 1997. Ficou pouco tempo, e retornou à Espanha, onde teve outra passagem ruim pelo Valência, fazendo com que ele voltasse para o Flamengo, em 1998, quando sagrou-se artilheiro do estadual e também da Copa do Brasil. Em 1999, foi novamente artilheiro das duas competições, e conquistou o Carioca. No segundo semestre, participou da campanha vitoriosa da Copa Mercosul, mas foi dispensado antes da fase final. Apesar disso, ainda terminou como o artilheiro da competição.

 



Voltar | Topo | Home
Site criado por Daniel Marques. Todos os direitos reservados ©.   
www.000webhost.com