Favoritos Página Principal E-mail
 
      Selecione a posição:




RAFAEL VAZ
 
Nome: Rafael Vaz dos Santos
 
Data de nascimento: 17/09/1988
Local de nascimento: São Paulo-SP
Posição: Zagueiro
Altura e peso: 1,88m e 83 Kg
Clubes: Palmeiras B (2006), Gama (2007), Corinthians B (2007–2008), Oeste-SP (2008), Bahia (2008), Iguaçu-PR (2009), CRAC-GO (2009–2010), Votuporanguense-SP (2010), Paraná (2011), União Barbarense (2011),
Vila Nova-GO (2012), Ceará (2013), Vasco (2013–2016) e Flamengo (2016-2017)
Títulos: Campeonato Cearense (2013) e Campeonato Carioca (2016 e 2017)
Estréia: 13/06/16 - Figueirense 1x0 Flamengo
Despedida: 03/12/17 - Vitória 1x2 Flamengo
Jogos pelo Flamengo: 80 jogos
Gols pelo Flamengo: 2 gols
Contrato: Deixou o clube

Descrição: Após passagens sem muito destaque por vários clubes de menor expressão, Rafael ganhou destaque no Ceará pela segurança na defesa e eficiência no ataque, na conquista do título cearense de 2013. Após uma "novela", o Vasco pagou parte da multa rescisória e Vaz deixou o Ceará com 5 gols marcados.
Chegou com status de substituto de Dedé. Estreou pelo Vasco diante a derrota para o Inter por 5 a 3, em que marcou o 2º gol da equipe cruzmaltina. Marcou também diante do Criciúma e do Santos. Na temporada 2014 ficou um longo tempo encostado no banco de reservas, e voltou a atuar contra o Friburguense e marcou o 6º gol num lindo voleio. Mas não conseguiu se firmar nesse ano, e passou a treinar em separado.
Em 2015, o zagueiro ficou fora dos planos pelo técnico Doriva, e acabou treinando em separado. Com a chegada do novo técnico Celso Roth, Rafael Vaz foi reintegrado para a disputa do Brasileirão de 2015. Seguiu reserva em 2016, mas marcou gols importantes no clássico contra o Flamengo, na final do Carioca contra o Botafogo e no final do jogo contra o CRB, garantindo o Vasco na fase seguinte da Copa do Brasil.
Em Junho não chegou a um acordo para renovar seu contrato, e ficou livre para assinar com o Flamengo. Foi muito bem nos primeiros meses, se firmando como titular ao lado de Réver na excelente campanha no Brasileiro de 2016. Mas em 2017 caiu muito de rendimento, cometeu várias falhas e entrou em desgraça com a torcida. Terminou o ano na reserva, sendo pouco utilizado por Rueda. Sem espaço em 2018, em fevereiro foi emprestado a Universidad de Chile.

 



Voltar | Topo | Home
Site criado por Daniel Marques. Todos os direitos reservados ©.   
Free Web Hosting