Favoritos Página Principal E-mail
 
      Selecione a posição:




PETKOVIC
 
Nome: Dejan Petkovic
 
Data de nascimento: 10/09/1972
Local de nascimento: Majdanpek-SER
Posição: Meia
Altura e peso: 1,77m e 71 Kg
Clubes: Radnicki-SER (1988-1991), Estrela Vermelha-SER (1991-1995), Real Madrid-ESP (1995, 1997), Sevilla-ESP (1996), Racing Santander-ESP (1997), Vitória (1997-1999), Venezia-ITA (1999-2000), Flamengo (2000-2002, 2009-2011), Vasco (2002-2003, 2004), Shanghai Shenhua-CHI (2003), Al-Ittihad-ARA (2004-2005), Fluminense (2005-2006), Goiás (2007), Santos (2007) e Atlético-MG (2008)
Títulos: Copa da Iugoslávia (1993 e 1995) Campeonato Iugoslavo (1992 e 1995), Supercopa da Espanha (1997), Campeonato Espanhol (1997), Campeonato Baiano (1997 e 1999), Copa do Nordeste (1999), Campeonato Carioca (2000, 2001 e 2003), Copa dos Campeões (2001) e Campeonato Brasileiro (2009)
Estréia: 12/02/00 - Flamengo 4x1 Santos
Despedida: 05/06/11 - Flamengo 1x1 Corinthians
Jogos pelo Flamengo: 198 jogos
Gols pelo Flamengo: 57 gols
Contrato: deixou o clube

Descrição: Começou sua carreira no Estrela Vermelha de Belgrado, e atuou por lá entre 1994 e 1995. Suas boas atuações credenciaram sua transferência para o poderoso Real Madrid da Espanha, por onde jogou em 1996. Foi emprestado para o Sevilla no mesmo ano e retornou ao Real Madrid em 1997, ano aliás, em que chegou ao Brasil, para jogar no Vitória por duas temporadas. Voltou à Europa ao ser contratado pelo Venezia da Itália, onde esteve de 1999 a 2000. De lá, veio para a Gávea.
No Flamengo, Petkovic conquistou dois títulos estaduais e dois nacionais. Meia de exímia habilidade e grande visão de jogo, se destaca por suas ótimas cobranças de faltas, sendo que em 2001 duas foram decisivas em finais contra o Vasco da Gama (Campeonato Carioca) e São Paulo (Copa dos Campeões). Maestro do time e ídolo da torcida, Pet é até hoje lembrado pela memorável cobrança que deu o Tricampeonato Estadual 99/00/01 para o Flamengo.
Após passar por vários outros clubes brasileiros após deixar o Flamengo em 2002, Petkovic retornou à Gávea em 2009, e mesmo aos 37 anos de idade se transformou no grande maestro do time rubro-negro na conquista do sexto título brasileiro do clube, entrando de vez para a história do Mengão. Mas em 2010 ser rendimento caiu bastante, e ele quase deixou o clube após brigar com o dirigente Marcos Braz no vestiário. Pet ainda permaneceu até o fim da temporada, mas no ínicio de 2011 foi afastado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, voltando em junho para fazer sua despedida oficial contra o Corinthians.

 



Voltar | Topo | Home
Site criado por Daniel Marques. Todos os direitos reservados ©.   
Free Web Hosting