Favoritos Página Principal E-mail
      Selecione a posição:




JÚLIO CÉSAR
 
Nome: Júlio César Soares de Espíndola
 
Data de nascimento: 03/09/1979
Local de nascimento: Rio de Janeiro-RJ
Posição: Goleiro
Altura e peso: 1,86m e 79 Kg
Clubes: Flamengo (1997-2004, 2018), Chievo-ITA (2005), Inter de Milão-ITA (2005-2012), Queens Park Rangers-ING (2012-2013), Toronto-CAN (2014) e Benfica-POR (2014-2017)
Títulos: Campeonato Carioca (2000, 2001 e 2004), Copa dos Campeões (2001), Copa da Itália (2006, 2010 e 2011), Campeonato Italiano (2006, 2007, 2008, 2009 e 2010), Supercopa da Itália (2005, 2006, 2008 e 2010), Taça da Liga Portuguesa (2015 e 2016), Campeonato Português (2015, 2016 e 2017), Taça de Portugal (2017), Supertaça de Portugal (2016), Liga dos Campeões da UEFA (2010) e Mundial de Clubes (2010)
Estréia: 13/05/97 - Palmeiras 0x1 Flamengo
Despedida: 21/04/18- Flamengo 2x0 América-MG
Jogos pelo Flamengo: 288 jogos
Gols pelo Flamengo: 0 gols (-391 gols)
Contrato: Deixou o clube

Descrição: Não existe forma de se falar do excepcional goleiro Júlio César sem associá-lo rapidamente com o Flamengo, clube que o revelou e que segundo o próprio Júlio, é uma das suas maiores paixões. Seguindo uma trajetória parecida com a de grandes ídolos rubro-negros, enquanto esteve no Brasil, Júlio César defendeu apenas as cores do Mais Querido do Brasil.
Revelado na base, Júlio César iniciou sua carreira profissional em 1997, como reserva de Clemer. Porém, aos poucos, foi ganhando a confiança dos rubro-negros e, em 2001, já era o titular absoluto. A raça e a paixão dedicada pelo goleiro à camisa do Flamengo unidas ao seu excepcional talento em baixo das traves, fez com que conquistasse além da maior torcida do Brasil, dois Campeonatos Cariocas e uma Copa dos Campeões como titular, além de ajudar o clube a se livrar do rebaixamento em algumas temporadas.
Se transferiu para a Europa em 2005, em virtude da necessidade eminente que um jogador do sua estirpe necessitava para alçar novos horizontes. Na Inter de Milão também se tornou um dos grandes jogadores da história do clube, conquistando vários títulos e se firmando como um dos melhores goleiros do mundo. Seu ótimo desempenho o levou a três Copas do Mundo, sendo titular em 2010 e 2014.
Em 2012 encerrou sua vitoriosa trajetória em Milão, ao se transferir ao Queens Park Rangers. Em Londres não repetiu seu melhores momentos, e não conseguiu evitar o rebaixamento do clube. Em 2014 teve breve passagem pelo Toronto, do Canadá, antes de acertar com mais um grande clube: o Benfica, de Portugal. Lá iniciou outra tragetória vitoriosa, retomando seus melhores momentos e conquistando todos os títulos possíveis em Portugal. No final de 2017 anunciou sua aposentadoria.
Mas não poderia encerrar a carreira sem voltar a vestir a camisa do clube do coração mais uma vez. Então acertou seu retorno ao Flamengo, com contrato até abril de 2018. Disputou três partidas no seu retorno, sem sofrer gols. Sua despedida foi na vitória sobre o América-MG, com uma atuação à altura da sua história no futebol.

 



Voltar | Topo | Home
Site criado por Daniel Marques. Todos os direitos reservados ©.   
Free Web Hosting