Favoritos Página Principal E-mail
      Selecione a posição:




JORGE JESUS
 
Nome: Jorge Fernando Pinheiro de Jesus
 
Data de nascimento: 24/07/1954
Local de nascimento: Amadora-POR
Posição: Técnico
Altura e peso: Não informados
Clubes: Amora-POR (1989–1993), Felgueiras-POR
(1993–1998), União da Madeira-POR (1998), Estrela da Amadora-POR (1998–2000, 2002–2003), Vitória de Setúbal-POR (2000–2002), Vitória de Guimarães-POR (2003–2004),
Moreirense-POR (2004–2005), União Leiria-POR (2005–2006), Belenenses-POR (2006–2008), Braga-POR (2008–2009), Benfica-POR (2009–2015), Sporting (2015–2018), Al-Hilal-ARA (2018–2019) e Flamengo (2019-2020)
Títulos: Terceira Divisão de Portugal (1992), Campeonato Português (2010, 2014 e 2015), Taça de Portugal (2014), Taça da Liga Portuguesa (2010, 2011, 2012, 2014, 2015 e 2018), Supertaça de Portugal (2014 e 2015), Copa Intertoto (2008), Supercopa da Árabia Saudita (2018), Supercopa do Brasil (2020), Campeonato Brasileiro (2019) e Copa Libertadores (2019)
Estréia: 10/07/19 - Athletico-PR 1x1 Flamengo
Despedida: ainda está no elenco
Jogos pelo Flamengo: 43 jogos
Retrospecto: 31 V - 08 E - 04 D
Contrato: Junho de 2020

Descrição: Foi um jogador de futebol, que chegou a atuar em clubes tradicionais de Portugal, como Sporting e Belenenses. Se aposentou em 1989, e no mesmo ano iniciou sua careira como técnico. O primeiro clube que
treinou foi o Amora, tendo-se sagrado campeão da 3ª Divisão. Seguidamente, treinou o Felgueiras que subiu da 3ª Divisão até à 1ª liga do futebol português (1ª participação deste clube no principal campeonato). Os seus serviços foram recrutados sucessivamente por Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal e Vitória de Guimarães (todos na divisão principal).
Treinou o Belenenses, conseguido na temporada 2006-2007 o 5º lugar na Liga Portuguesa, a presença na final da Taça de Portugal e a qualificação para a Copa da UEFA. Em 2008 foi contratado pelo Braga. Levou o clube até as oitavas-de-final da Copa da UEFA, conquistando
a última edição da Copa Intertoto, algo nunca antes conseguido por um clube português.
Após os bons trabalhos em clubes médios, enfim chegou a um clube grande em 2009, acertando com o Benfica. Tornou-se um dos treinadores mais vitoriosos da história do clube, com
destaque para os três títulos do Campeonato Português. Foi vice-campeão da Liga Europa dois anos seguidos, perdendo decisões para Chelsea (2013) e Sevilla (2014). Bateu vários récordes do clube e do futebol português. Em 2014 tornou-se o único treinador a ganhar todas as quatro competições portuguesas, no mesmo ano.
Em junho de 2015 causou polêmica ao trocar o Benfica pelo rival Sporting. Logo na 1ª temporada foi vice-campeão português, com a maior pontuação da história do clube, e campeão da Supertaça. Nos anos seguintes não repetiu o bom trabalho, mas ainda conquistou a Taça da Liga
em 2018, seu sexto título desta competição. No mesmo ano deixou Portugal e acertou com o
Al-Hilal, da Arábia Saudita. Apesar da ótima campanha no Campeonato Saudita e do título da Supercopa Saudita, deixou o clube no começo de 2019, devido a desavenças na negociação para renovação de contrato.
Em junho do mesmo ano acertou com o Flamengo, com contrato de 1 ano.

 



Voltar | Topo | Home
Site criado por Daniel Marques. Todos os direitos reservados ©.   
Free Web Hosting