Favoritos Página Principal E-mail
 
      Selecione a posição:




IBSON
 
Nome: Ibson Barreto da Silva
 
Data de nascimento: 07/11/1983
Local de nascimento: Niterói-RJ
Posição: Volante
Altura e peso: 1,77m e 73 Kg
Clubes: Flamengo (2003-2005, 2007-2009, 2012-2013), Porto-POR (2005-2007), Spartak Moscou-RUS (2009-2011) e Santos (2011-2012)
Títulos: Campeonato Carioca (2004, 2008 e 2009), Campeonato Paulista (2012), Campeonato Brasileiro (2009), Taça de Portugal (2006), Supertaça de Portugal (2006) e Campeonato Português (2006 e 2007)
Estréia: 15/06/03 - Flamengo 2x1 Vasco
Despedida: 06/04/13 - Flamengo 1x1 D. Caxias
Jogos pelo Flamengo: 233 jogos
Gols pelo Flamengo: 35 gols
Contrato: deixou o clube

Descrição: Chegou Gávea em 1992, com apenas 9 anos de idade. O atleta estreou no time profissional em 2003 num Clássico dos Milhões, e com vitória. A partir dalí, o jogador se transformaria num dos maestros daquele time e se projetaria absolutamente em 2004. Seu talento era clarevidente, o que fez abrir os olhos dos clube Europeus, de forma que ainda ao fim do ano, o jogador foi para o Porto. Em terras lusitanas, Ibson se sagrou bicampeão português pelo Porto. Mas a saudade falou mais alto e ainda em 2007, o jogador estava de volta ao Flamengo.
A segunda passagem de Ibson pelo Fla, se deu em circustâncias de verdadeira declaração de amor. Em 2007, ajudou o time a ficar em 3º lugar no Brasileirão. Em 2008, depois de conseguir o seu bicampeonato Carioca, Ibson viu o Flamengo ser eliminado traumaticamente da Taça Libertadores. Campeão Carioca de 2009, o volante foi em mais um certame, uma das principais peças do Fla. Ibson fez sua última partida na sua segunda passagem pelo Fla no dia 4 de Julho. Quando saiu do Fla, de coração partido, o jogador acertou um contrato com o Spartak Moscou da Rússia, onde ficou até 2011. De volta ao Brasil, foi contratado pelo Santos, onde pode contribuir na conquista do título paulista de 2012.
Retornou ao Flamengo para sua terceira passagem no meio deste ano, envolvido numa troca por Galhardo e David. Foi titular em praticamente toda a campanha do Brasileiro, apesar de não conseguir repetir o bom futebol das outras duas passagens pelo clube. Em 2013 começou bem ano, recuperando o seu melhor futebol. Mas com a saída do técnico Dorival Júnior e a chegada de Jorginho, acabou perdendo espaço. Em maio foi dispensado pelo clube devido ao alto salário.

 



Voltar | Topo | Home
Site criado por Daniel Marques. Todos os direitos reservados ©.   
Free Web Hosting