Favoritos Página Principal E-mail
      Selecione a posição:




ALEX MURALHA
 
Nome: Alex Roberto Santana Rafael
 
Data de nascimento: 10/11/1989
Local de nascimento: Três Corações-MG
Posição: Goleiro
Altura e peso: 1,86m e 89 Kg
Clubes: Olé Brasil-SP (2009), Votoraty (2010), Comercial-SP (2011–2013), Cuiabá (2013), Shonan Bellmare-JAP (2013), Mirassol (2014),
Figueirense (2014–2015) e Flamengo (2016-2017)
Títulos: Campeonato Catarinense (2015) e Campeonato Carioca (2017)
Estréia: 24/01/16 - Santa Cruz 3x1 Flamengo
Despedida: 26/11/17 - Flamengo 1x2 Santos
Jogos pelo Flamengo: 77 jogos
Gols pelo Flamengo: 0 gols (-69 gols)
Contrato: Deixou o clube

Descrição: Começou a carreira nas divisões de base do Paraná, tendo uma rápida passagem pelo Olé Brasil. Foi contratado em 2010 pelo Votoraty. Em 2011, chegou ao Comercial-SP para disputa da Série A2 do Paulista, ajudando o clube a voltar para a elite paulista. Justamente nessa temporada ganhou a alcunha de Muralha. Disputando o Campeonato Paulista em 2012, Muralha mais uma vez se destacou e, com suas boas atuações, reforçou sua idolatria junto à torcida do Comercial, mesmo com a equipe sendo rebaixada. De volta à Série A2 em 2013, mais uma vez Muralha foi importante para que o Comercial conquistasse novamente o acesso à elite. Chegou a ser emprestado ao Cuiabá. Entretanto, ficou apenas 20 dias no clube de Mato Grosso, pois logo o clube japonês Shonan Bellmare contratou Alex por empréstimo. Alex acabou não se adaptando ao futebol japonês e retornou ao Brasil no final daquele ano.
Em dezembro de 2013, retornou ao Brasil para jogar no Mirassol. A regularidade e as boas atuações de Alex lhe valeram uma oportunidade no Figueirense. Lá Muralha foi reserva de Tiago Volpi, e ainda sofreu duas lesões graves ao longo do ano. Alex só conseguiu sua disputar a titularidade depois da saída de Volpi para o futebol mexicano, no início de 2015. Assumindo a titularidade da equipe, ajudou na conquista do Campeonato Catarinense. Mesmo com a chegada do renomado Felipe, ex-Flamengo, seguiu como titular no Brasileiro, sendo o grande destaque do Figueira no campeonato.
Chamou a atenção de vários clubes grandes, e acabou acertando sua ida em definitivo para o Flamengo no início de 2016, com um contrato de quatro anos. No começo ficou na reserva, mas se aproveitou de uma lesão de Paulo Victor para assumir a condição de titular, e se firmou no time com um ótimo desempenho no Brasileirão, chegando até a ser convocado para a seleção brasileira pelo técnico Tite.
Mas em 2017 teve uma enorme queda de desempenho, se perdendo em falhas e causando
a irritação do torcedor rubro-negro, principalmente devido ao pífio desempenho em cobranças de pênaltis. No começo de 2018 foi emprestado ao Albirex Nigata, do Japão.

 



Voltar | Topo | Home
Site criado por Daniel Marques. Todos os direitos reservados ©.   
Free Web Hosting