Favoritos Página Principal E-mail
 

Só o começo

O Flamengo venceu os reservas do Botafogo, sem precisar fazer um grande esforço, e conquistou com duas rodadas de antecedência a Taça Guanabara 2014. O Mengão sobrou nesta fase do campeonato, mesmo atuando sem a força máxima em vários jogos. Méritos para o trabalho do técnico Jayme de Almeida, que conseguiu fazer com que os jogadores jogassem à vera em praticamente todos os jogos do Carioca (exceção apenas ao Fla-Flu), mesmo estando em meio à disputa de outra competição muito mais importante (a Copa Libertadores). Além da vantagem do empate na semifinal e final, esse título possibilita que o Flamengo poupe todos os titulares nas duas rodadas restantes, dando total prioridade aos jogos contra o Bolívar.

Não nego que a Taça Guanabara deste ano teve muito pouco valor, diante da perda de importância do campeonato e também da mudança do regulamento que acabou com as finais de Turno. Como bem disse o Jayme, é no mínimo esquisito conquistar um título com tão pouca festa e sem levantar o troféu. Mas ainda assim é uma conquista que merece ser comemorada, principalmente por mostrar a superioridade do Flamengo em relação aos rivais cariocas. Mostramos que nosso elenco é de longe o melhor do Rio, vencemos todos os jogos atuando com o time reserva, enquanto os rivais tropeçaram mais de uma vez até com seus times principais.

Nosso time não é nenhuma maravilha. É totalmente desprovido de estrelas, uma mescla de alguns bons jogadores com outros medianos. Mas este talvez seja o elenco mais homogêneo que já tivemos. Praticamente todos os reservas imediatos são do mesmo nível dos titulares. São 22 jogadores em condição de serem titulares. Algo que sinceramente eu nunca vi no Flamengo. E que deve fazer toda a diferença nesta temporada. Com três ou quatro reforços mais gabaritados seríamos favoritos a conquistar todos os títulos este ano. E mesmo que eles não cheguem, ainda assim podemos sonhar com outras conquistas bem maiores que uma Taça Guanabara.

Por que não a Gávea?

Um dos assuntos mais comentados da última semana foi o público ridículo de 375 pagantes no jogo Flamengo 2x0 Bonsucesso. Que se junta a outros públicos não muito melhores do Mengão neste Estadual, como os 991 pagantes nos 5x2 contra o Boavista. A maioria dos jogos contra pequenos não chegou a 4 mil presentes. Como eu não vejo solução para aumentar o público nestes jogos de Campeonato Carioca, acho que o Flamengo deveria buscar uma alternativa para amenizar os prejuízos com estes baixíssimos públicos. A melhor alternativa seria reformar, ampliar e voltar a utilizar o estádio da Gávea.

Um estádio para 10 mil pessoas na Gávea atenderia a todos os jogos contra times pequenos no Carioca, e até a alguns jogos de menor apelo do Campeonato Brasileiro e nas fases iniciais da Copa do Brasil. Evitaria os altos custos operacionais do Maracanã, e os custos com deslocamento, hospedagem e aluguel para jogos em Volta Redonda ou Macaé. E dificilmente causaria grandes danos no trânsito da região, afinal a apresentação do Ronaldinho na Gávea levou até mais do que 10 mil pessoas e não houve maiores transtornos. Basta ter um mínimo de boa vontade do poder público e a ajuda da construtora do Maracanã no projeto.

Por Daniel Marques, editor-chefe do site Flamengo MTM


COMENTÁRIOS



Voltar | Topo | Home
Site criado por Daniel Marques. Todos os direitos reservados ©.   
Free Web Hosting