Favoritos Página Principal E-mail
 

Momento de reflexão

Perdemos. Sem desculpas de que o juiz errou (e realmente errou) ou de que o Dorival fez alguma besteira (e realmente fez). Perdemos porque o adversário foi superior neste jogo e no papel tem um time mais gabaritado que o nosso. Durante a fase inicial do campeonato esta superioridade ficou só no papel, mas na hora decisiva infelizmente o Botafogo resolveu jogar o que sabe e teve uma atuação taticamente impecável, principalmente no aspecto defensivo. O gol logo no primeiro minuto destruiu toda a estratégia de jogo do Flamengo que vinha dando resultado até então na Taça Guanabara. Logo de cara perdemos a vantagem, e por consequência perdemos o contra-ataque, a principal arma deste time rubro-negro, que já não é exatamente um grande esquadrão.

Esse não é o momento de fazer caça às bruxas. É um momento de reflexão, de buscar entender o porque do fracasso. Na minha modesta opinião ele é consequência principalmente das limitações do elenco atual do Flamengo. Não podemos entrar num jogo decisivo dependendo apenas do limitado Hernane para fazer os gols. Ele é o artilheiro do campeonato? Sim, mas fazer gols em jogos de menor importância qualquer Josiel ou Wanderley da vida também fazem. Para uma decisão temos que ter ao menos uma outra opção melhor. A escalação de Wallace também foi um grande erro. Ele é muito ruim, muito inferior tecnicamente ao Renato Santos, barrado injustamente mesmo jogando bem praticamente todos os jogos.

Outro problema grave foi a escalação de um Carlos Eduardo totalmente sem condições de jogo, principalmente para uma semifinal de campeonato. Parece que ele ainda está sentido muito os dois anos de inatividade. É um jogador talentoso, mas com menos de 50% das suas condições físicas, técnicas e psicológicas acaba sendo quase um jogador a menos. Garotos como Rafinha, Rodolfo e Gabriel têm um futuro brilhante pela frente, mas ainda não estão preparados para assumir a responsabilidade de conduzir o Flamengo a títulos, nem mesmo de um turno de Estadual. Faltam jogadores mais gabaritados neste elenco, que tenham a capacidade técnica e a experiência necessárias para assumir esta responsabilidade.

Precisamos de pelo menos mais cinco reforços para realmente brigar por títulos nesta temporada: um lateral-direito, um lateral-esquerdo, um meia de ligação, um segundo atacante e um centroavante. Sem estas peças, e todas em alto nível, vamos continuar dependendo de garotos inexperientes ou veteranos limitados para chegar as vitórias. Para ganhar de adversários fracos essa combinação pode até ser suficiente, mas a derrota deste domingo mostrou que é muito pouco para encarar os principais times do Brasil (e olha que o Botafogo nem está entre eles!). Eu entendo as dificuldades financeiras que o Flamengo está passando, mas é bom que a diretoria busque recursos rapidamente para reforçar melhor este time, para não correr o risco de jogar um bom início de trabalho por água abaixo.

Parabéns Galinho

O mais lamentável desta derrota foi dar um presente de grego para a maior personalidade rubro-negra de todos os tempos. Zico completou 60 anos muito bem vividos, como um craque dentro de campo e uma pessoa exemplar fora dele. Lamento muito não ter idade o suficiente para ter visto o nosso Rei jogar ao vivo, mas sou muito grato a ele por tudo o que fez pelo Flamengo e pela Nação Rubro-Negra. Neste sábado tive o privilégio de ficar literalmente ao lado do Galinho, em determinado momento da festa de inauguração da sua estátua na Gávea. Sem dúvidas uma emoção que dinheiro nenhum no mundo paga e que derrota nenhuma ofusca. OBRIGADO ZICO!

Por Daniel Marques, editor-chefe do site Flamengo MTM


COMENTÁRIOS



Voltar | Topo | Home
Site criado por Daniel Marques. Todos os direitos reservados ©.   
Free Web Hosting